Diferenças entre aço carbono e inox

Diferenças entre aço carbono e inox

O aço é de suma importância para a construção civil. Presente em quase tudo o que é visto em um canteiro de obras, suas variações são direcionadas para inúmeras aplicações comerciais. Basicamente, o aço tem como principais componentes o carbono e o ferro. Suas mudanças ocorrem de acordo com a composição de outros elementos. Por exemplo, se acrescentado cromo, forma-se uma fina camada resistente de óxidos que protege o material contra a corrosão natural, criando dessa forma, um produto inoxidável.

O aço carbono e inox, inclusive, são tipos de aço amplamente usados, encontrados com frequência no comércio. Ambos são de grande utilidade e suas aplicações são variadas. O carbono serve para chapas automobilísticas, perfis estruturais, rodas e equipamentos ferroviários, engrenagens e etc. Já o inox, por ter maior apelo estético e permitir total assepsia, tem uso na produção de mobília para hospitais, barras de apoio, corrimão e etc.

A Projinox, empresa que atua no mercado de aço inoxidável desde os anos 2000, explica que ambos os aços são de grande valia para o setor da construção civil. “As diferenças estão sempre no seu uso. O inox tem a vantagem de não enferrujar e estará presente em produtos cujo acabamento final tenham mais importância, bem como em artefatos voltados para o segmento de saúde e alimentício. Já o carbono tem maior resistência mecânica, por isso é muito usado em peças de máquinas ou que terão um movimento contínuo”, explica a gerente comercial Keila Ferreira.

Em relação à resistência contra ferrugem e corrosão, o aço inoxidável dispara na frente das outras opções do mercado. Além de ser considerado um aço nobre, por sua beleza e sofisticação, a baixa rugosidade de sua superfície evita que bactérias e microrganismos perigosos à saúde se alojem e se proliferem em suas camadas. Por isso que órgãos da vigilância sanitária recomendam amplamente o uso desse material em hospitais, cozinhas industriais e demais lugares cuja higienização deve ser criteriosa.

Por outro lado, o aço carbono está presente em maquinários, rodas de carro, parafusos, entre outros.

A resposta para a pergunta que nomeia esse artigo é fácil, se a resposta for baseada no preço do kg do material. O carbono tem um valor menor de mercado, enquanto o inox, justamente por ser um produto de acabamento final, exige maior custo para investimento. No entanto, é sempre necessário avaliar o uso daquilo que está proposto a fazer.

Gostou? compartilhe!

Whatsapp PROJINOX